telefones

(11) 3822 3312
(11) 3666 2465

Diu de Cobre (não hormonal)

DIU DE COBRE (NÃO HORMONAL)

O que é?

O DIU hormonal também é conhecido por DIU de cobre e DIU Multiload. Muitas mulheres tendem a se confundir na hora de optar entre o DIU hormonal e o DIU não hormonal. Para ajudar nesta escolha, explicaremos a seguir as diferenças entre os tipos de dispositivo e as vantagens de cada um para a mulher.

Diferentemente do DIU Mirena, o DIU não hormonal consegue impedir que a fecundação do óvulo ocorra através da ação do cobre que reduz a eficiência dos espermatozoides. Isto é possível devido ao fato do material aumentar o efeito espermicida do DIU não hormonal, matando ou imobilizando os espermatozoides antes deles entrarem em contato com o óvulo.

Vantagens:

O DIU não hormonal tem uma grande vantagem: é mais barato. Pode ser utilizado como anticoncepcional em situações emergenciais, em até cinco dias após a relação sexual sem preservativo, ou seja, é mais eficiente do que a chamada pílula do dia seguinte. Pode ser implantado em mulheres de qualquer idade. Dura até dez anos, o dobro do DIU hormonal, o que o torna uma ótima opção para mulheres que procuram métodos contraceptivos de longa duração. Além disso, o DIU de cobre não contém hormônios exógenos, logo não provoca efeitos colaterais como redução da libido ou mudanças do estado de humor. Por isso, nos últimos cinco anos, a procura do DIU não hormonal por pacientes que desenvolveram câncer de mama aumentou.

Riscos:

Entretanto, o DIU não hormonal também pode apresentar algumas complicações. Principalmente, para mulheres que já possuem um fluxo menstrual muito intenso. O DIU de cobre, nos primeiros meses após a inserção do dispositivo, pode tornar este fluxo ainda maior. Dependendo do caso, a intensidade do fluxo pode ser controlada através de medicamentos, mas nestas situações, a melhor opção para a mulher acaba sendo o DIU Mirena. No primeiro trimestre, também é normal, após a inserção do DIU não hormonal, a ocorrência de cólicas menstruais leves.