telefones

(11) 3822 3312
(11) 3666 2465

Infecção Urinária

INFECÇÃO URINÁRIA

Sintomas:

A infecção urinária na realidade é denominada clinicamente como Infecção do Trato Urinário (ITU). A doença se caracteriza como um quadro infeccioso provocado pela presença de bactérias no trato urinário que se originam no intestino e entram no sistema urinário por meio da uretra. Geralmente, quando atingem o sistema urinário, estas bactérias já são expulsas naturalmente pelo mecanismo de defesa do organismo. Entretanto, algumas vezes estes mecanismos falham devido a uma baixa resistência do sistema imunológico. Sendo assim, a bactéria passa a crescer e se multiplicar no interior da bexiga, contaminando a urina e inflando o órgão genital. Na maioria dos casos, trata-se de bactérias da espécie Escherichia coli, que afetam principalmente a área inferior do trato urinário, mas também podem aparecer nos rins e ureteres quando evolui. Quando a infecção urinária afeta a bexiga, ela recebe o nome de cistite. Quando não tratada, pode atingir os rins, tornando-se uma pielonefrite. Quando afeta a uretra, é chamada uretrite.

Quem pode ter:

A infecção urinária é uma doença muito comum de se desenvolver em mulheres, totalizando 80% dos casos. Destas portadoras, 30% ainda chegam a desenvolver a infecção urinária de repetição, que, por sua vez, se caracteriza como a incidência de no mínimo duas ocorrências nos últimos seis meses. O motivo desta incidência maior em mulheres é simplesmente a anatomia da mulher, já que a distância entre o ânus e a vagina é muito menor do que a distância entre o ânus e o pênis. Isto faz com que seja mais fácil a migração das bactérias intestinais para o trato urinário. Além desta questão, existem outros fatores que tornam algumas pessoas mais suscetíveis à doença. Mulheres que já atingiram a menopausa também estão mais propensas a desenvolverem a doença, já que o desequilíbrio hormonal torna o sistema urinário mais vulnerável. Por outro lado, os anticoncepcionais também são considerados um risco. Aumento da próstata, pedra nos rins e outros tipos de bloqueio do trato urinário aumentam as chances da infecção urinária se desenvolver. Utilização do cateter para urinar também torna maior a probabilidade de contrair a doença.

É importante salientar que existem muitos médicos que afirmam que a infecção urinária pode ser transmitida através das relações sexuais. No entanto, isto é um equívoco, uma vez que as bactérias intestinais pertencem ao próprio indivíduo e não podem ser repassadas.

Sintomas:

Os sintomas da infecção urinária variam de acordo com o local onde se desenvolvem. Mas, de forma geral, são os seguintes:

• Maior incidência de micções.

• Dor no reto

• Ardência forte ao urinar

• Urgência em urinar, mesmo ao acabar de retornar do toalete

• Urina escurecida

• Sangramento ao urinar

• Febre

• Dor nas costas

• Vômito

• Urina com forte odor

• Dor pélvica

Tratamento:

Ao perceber os sintomas, é preciso buscar ajuda médica. A doença poderá ser diagnosticada através do exame de urina, que poderá avaliar a quantidade de bactérias existentes no trato urinário. O tratamento será feito com o auxílio de antibióticos. Em casos mais leves, este será ingerido por via oral. Em casos graves, será injetado diretamente nas veias da paciente. A importância do tratamento da infecção urinária se deve ao fato de que, quando não é tratada, pode evoluir para uma infecção generalizada ou provocar a formação de abcessos nos rins.