telefones

(11) 3822 3312
(11) 3666 2465

Sangramento Vaginal

SANGRAMENTO VAGINAL

O que é?

O sangramento vaginal pode ser interpretado em algumas ocasiões como um fenômeno natural na vida da mulher que ocorre durante o ciclo menstrual. No entanto, em muitos outros casos, pode ocorrer um sangramento vaginal anormal, consequente de disfunções hormonais que provocam lesões nas cavidades cervical, uterina ou vaginal. Por isso, é sempre importante que, ao perceber o sangramento vaginal, a mulher consulte seu médico. Em casos de desequilíbrio hormonal, o anticoncepcional na maior parte das vezes resolve a situação. Mas em casos mais graves, este fenômeno pode ser consequência de um câncer vaginal ou do revestimento do útero. Estes precisarão ser tratados com urgência para assegurar a vida da mulher.

Caudas:

As causas do sangramento vaginal são:

• Consumo de algumas substâncias psicoativas como afinadores de sangue e esteroides

• Colocação de DIU para evitar gravidez

• Stress

• Excesso ou escassez de peso

• Procedimento cirúrgico ou infecção uterina

• Problemas durante a gestação. Entre eles, destacam-se a gravidez ectópica e o abortamento

• Síndrome do ovário policístico

• Tumores benignos no útero como pólipos, adenomiose e fibromas.

• Doenças como diabetes, lúpus eritematoso sistêmico, cirrose hepática, além de disfunções pituitária e tireoide

• Doença inflamatória pélvica

• Hiperplasia endometrial

• Alterações na dieta

• Alterações no cronograma de atividades físicas

• Alterações em medicações hormonais ou anticoncepcionais

• Disfunções relacionadas ao sangramento

Quem pode ter:

Devido a esta diversidade de causas, o sangramento vaginal pode atingir meninas e mulheres de qualquer idade. Muitas vezes, ocorre durante o ciclo menstrual, desde a puberdade até após o início da menopausa.

Nas crianças, o sangramento vaginal na maioria das vezes indica uma puberdade precoce. Nestes casos, recebe o nome de menarca, que se apresenta como a primeira menstruação da mulher. Entretanto, a consulta ao médico se faz sempre necessária, já que outras causas podem ser presença de tumores, infecção vaginal, abuso sexual ou existência de algum corpo estranho na cavidade vaginal.

Durante a gravidez, a maior incidência de sangramento vaginal é decorrente de abortos espontâneos. Por isso é preciso estar de olhos bem abertos ao fenômeno. O mesmo se aplica ao período após a menopausa onde é necessário que o sangramento vaginal seja investigado o mais rápido possível.